• (62) 3293-0808 • (41) 3333-6631
  • contato@lifeclube.org.br
  • ASSISTÊNCIA 24H 0800 004 2040 • 0800 591 1419

ATENÇÃO MOTOCICLISTA: CONFIRA 10 DICAS PARA PILOTAR MELHOR

Sempre que você achar que está “pilotando” muito, de maneira mais rápida e arrojada, lembre-se: o bom senso é sempre recomendável, independentemente da aptidão do motociclista. Segue algumas dicas importantes:


Postado em Sexta-Feira, 18 de Agosto de 2017 as 01:08:34



1 - Andar de moto requer mais do que concentração

Evite pilotar muito cansado. Conheça bem seus limites: se pilota há pouco tempo, evite longas viagens com chuva ou à noite, por exemplo.
 

2 - Áreas urbanas exigem mais atenção

Tanto com pedestres, às vezes imprudentes ao atravessar a rua, como ao passar por veículos. Portanto, tente antecipar situações de risco e aglomerações de veículos, e saiba que boa parte dos acidentes ocorre próximo à sua própria casa, por distrações simples.

 

3 - Grande parte dos acidentes acontece em cruzamentos

Além de esperar o semáforo abrir, olhe para a via que fechou e certifique-se de que todos pararam, também preste atenção se for o primeiro a parar em semáforos ou pedágios: motoristas distraídos podem colidir com sua moto.

 

4 - Não pense que capacete aberto protege

E não confie 100% em modelos basculantes. Capacete deve ser fechado, justo na cabeça, e sempre afivelado. O capacete dura três anos e, em caso de acidente, precisa ser trocado mesmo sem danos visíveis.

 

5 - Se estiver passeando em grupo, rode na sua tocada e respeite seus limites

Mantenha sempre distância segura, de pelo menos dois segundos do veículo à frente: ou seja, quanto maior a velocidade, maior a distância. Pilote intercalando as motos.

 

6 - Ao cobrir distâncias mais longas, pare a cada duas horas

Aproveite para tomar um café, alongar braços e pernas para então seguir viagem. Na hora do almoço, dê preferência para refeições leves.

 

7 - Posição correta é fundamental para ter controle

Respeite cada tipo de moto e sua ergonomia: o contato dos pés com as pedaleiras e das coxas com o tanque aumenta a capacidade de desvios rápidos, além de aumentar a segurança e controle em curvas. Nos contornos, a tendência é o corpo ir para o lado oposto à curva. Uma dica é inclinar a cabeça e o tronco junto com a moto, de maneira a ajudá-la a vencer a inércia.

 

8 - O freio dianteiro deve ser o principal

Na maioria das motos, freia-se 70% na dianteira e 30% atrás. O freio traseiro é usado mais para equilibrar a frenagem. Só em modelos custom e scooters se pode modular as paradas usando 50% de cada freio. Motos com o antitravamento ABS são uma boa pedida, mas deve-se ficar atento à atuação do sistema em pisos irregulares, o que pode comprometer a correta frenagem. Pneus carecas devem ser descartados, pois não garantem eficiência. Como são apenas dois, imagine a importância deles em um sufoco, ou mesmo na chuva.

 

9 - Conheça a sua moto e faça manutenção em dia

Itens como pneus, freios (e fluido) devem ser checados antes de sair. Use uma lista de checagem obedecendo a sigla P-CLOC: Pneus, Combustível, Luzes, Óleo e Corrente.

 

10 - Informe-se!

Hoje existem cursos de pilotagem em vários níveis que atendem as necessidades de qualquer motociclista, independentemente do nível de experiência e tipo de moto.

 

Texto original: http://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2014/11/10-dicas-para-pilotar-sua-moto-melhor.html